Menu

Home    Colunista    Amanda Quinta Rangel

Royalties não são a única solução

Por Amanda Quinta Rangel

28.12.2017

 

 

Chegamos ao final de 2017 e o momento é de reflexão. O município de Presidente Kennedy avança em várias áreas, mas temos experimentado tempos difíceis que nos levam a pensar em alternativas administrativas para encontrarmos solução que não vem dos royalties. Até porque, sabemos que os royalties um dia irão acabar. Ser o maior PIB per capta do país, nos leva diariamente às manchetes dos jornais que, guardadas as exceções, não conhecem profundamente a nossa realidade. É normal que seja assim, afinal, quem compartilha de nossas angústias e alegrias é tão somente o povo kennedense, que vive diariamente nossas batalhas. E é para esse povo que quero me dirigir.

Desde que me propus a administrar Presidente Kennedy, fui movida pelo sentimento de utilizar todo esse potencial econômico para resolver a vida das pessoas. Afinal, é para isso que serve o Poder Executivo. Em algumas situações, temos obtido êxito. Orgulha-nos ver tantos jovens, quase mil, frise-se, todos os dias, entrando nos ônibus para poder cursar o ensino superior nas cidades vizinhas, com bolsas ofertadas pelo município. Recentemente, tivemos a alegria de ver nosso primeiro engenheiro eletricista formado. Nossas crianças têm creches e o ensino fundamental escolas bem equipadas, com um ótimo cardápio da merenda escolar, acompanhado por nutricionista. Na Saúde, buscamos garantir atendimento no que é competência por lei atribuída a nós, mas buscando interlocução com outras esferas para que todos que buscam o serviço público não saiam sem uma resposta.

Na agricultura, é sempre uma alegria encontrar com as famílias que vivem do que produzem no campo. Aliás, somos um dos maiores produtores de leite do Estado. Nossos programas de captação de água para garantir produção o ano inteiro, além de sustentável, é economicamente viável, porque funciona e tem dado resultado. Temos ainda investido em recuperação de pastagens e ração para o gado. O resultado disso é que a agricultura familiar está obtendo ótimos índices.

Nossos investimentos em infraestrutura são enormes. A gente vai de um canto a outro de Kennedy por estradas asfaltadas. Reformamos praças, ginásios, colocamos iluminação de LED e entregamos dezenas de moradias para nossa população.

Tudo isso foi feito porque, por uma benção divina, quis Deus que nosso município, pequeno em termos populacionais, mas enorme territorialmente, fosse privilegiado com o repasse dos royalties, sendo uma importante ferramenta para ajudar nossa população sofrida pela falta de oportunidade, emprego e renda, no decorrer dos anos, encontrasse caminhos para emancipar-se em médio e longo prazo.

No entanto, apesar desse volume enorme de investimento em todas as áreas - o maior na história do município - estamos enfrentando problema de receita própria. Nossa arrecadação diminuiu e isso tem afetado diretamente parte dos nossos servidores.

Então, por mais que nossa administração tenha feito entregas fundamentais à população nesses últimos anos, estamos com esse desafio: aumentar nossa receita própria e garantir que todos os servidores, incansáveis em trabalhar pelo crescimento de Presidente Kennedy, tenham seus salários em dia. Todos sabem que o recurso dos royalties não pode ser utilizado para pagamento de salário de servidor, apenas para os da Educação e os em designação temporária.

Para buscar alternativas, investimos no Fundesul. Acreditamos que essa é uma ferramenta importante para nosso desenvolvimento econômico, atraindo empresas, gerando mais oportunidade de emprego, mais renda e, consequentemente, ampliando nossa capacidade de arrecadação. O Fundesul é, sem sombra de dúvidas, uma grande chance de colocar Presidente Kennedy no mapa dos investidores e da indústria capixaba e nacional. O projeto de lei já está na Câmara e depende apenas de aprovação dos vereadores.

Vamos aumentar ainda nossos investimentos em obras a partir do ano que vem. Essa também será uma bomba propulsora do nosso desenvolvimento.

Entretanto, foi preciso adotar uma medida drástica que, inclusive, adiamos o máximo que podíamos: cortar horas extras e comissões remuneradas dos nossos servidores.

São tempos difíceis, mas que temos acompanhado de perto e queremos contar com o seu apoio para juntos superarmos essa crise que afeta o pagamento de salário de parte dos servidores, mas, tenho certeza: é momentânea. Não vamos deixar que esse problema tire o brilho do nosso município, que cresce e se desenvolve a passos largos, e tem logo ali na frente uma expectativa enorme de reverter esse quadro.

Não vamos deixar nos abater pelas críticas, porque nós sabemos onde encontrar a solução e temos a certeza que os sonhos que sonhamos juntos serão realidade para Presidente Kennedy e todo o seu povo. Enfrentando a dificuldade juntos, sairemos mais fortes.

É com esse sentimento que desejo a todos um feliz ano novo, boas festas e com muito trabalho e confiança vamos continuar escrevendo uma nova história para Presidente Kennedy.

 

 

Comentários


Amanda Quinta Rangel

Amanda Quinta Rangel é vice-presidente do PMDB/ES e exerce o segundo mandato consecutivo como Prefeita de Presidente Kennedy

 

 

Confira nossa última Edição
e fique informado!

 

Edição 269

Abril / 2018

  Todas as Edições

Leia na Edição Impressa


Atendimento

  (28) 99916-0361

  ojornal@ojornalonline.com.br

 

Rua Helena Valadão, 59
Cidade Nova
Marataizes - ES
CEP: 29.300-000

O Jornal Online

 

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação sem autorização.

 

© 2017 O Jornal Online. Todos os direitos reservados.