Menu

Home Brasil CRIME AMBIENTAL

Desmatamento na Amazônia está próximo de atingir estágio irreversível

Por Brasil Atual | 14.11.2018

 

A Amazônia está perto de atingir um percentual irreversível de desmatamento, de acordo com último relatório do Fundo Mundial para a Natureza da organização em defesa do meio ambiente WWF. Os dados do estudo apontam para o aumento na devastação florestal da região no período de 1970 a 2018, com uma redução de 20% da sua área.

Em entrevista à jornalista Marilu Cabañas, na Rádio Brasil Atual, o professor do Departamento de Geografia e do Programa de Pós-graduação em Ciência Ambiental da Universidade de São Paulo (USP), Wagner Ribeiro, avaliou que se houver o aumento na taxa de desmatamento apontado pelo estudo, chegando a 25%, não será possível recuperar a vegetação e os serviços ambientais da Amazônia.

De acordo com Ribeiro, a perda do florestamento do bioma tem desdobramentos não apenas sobre a biodiversidade da região, mas afeta também as comunidades da área e os serviços hídricos, e deverá ser um dos desafios do futuro presidente Jair Bolsonaro (PSL).

"É necessário falar muito sobre isso. São pesquisadores sérios, de campos diferentes, que apontam para a mesma direção. Então não dá para dizer que é moda ou ideológico. Não, isso é objetivo, lógico, está claro e demonstrado, não há ideologia nestes aspectos. Temos que repensar para que estes números não aumentem mais", adverte o professor.

 

 

Comentários Facebook


Confira nossa última Edição
e fique informado!

 

Edição 271

Junho / 2018

  Todas as Edições

Leia na Edição Impressa


40ª Corrida de São Pedro contou com mais de mil participantes P. 08
Polícia Federal investiga tramas políticas em Itapemirim P. 4
Falso professor é desmascarado em Marataízes P. 7
Agência do Bandes Fundesul Presidente Kennedy já tem data para inaugurar P. 5

Atendimento

  (28) 99916-0361

  ojornal@ojornalonline.com.br

 

Rua Helena Valadão, 59
Cidade Nova
Marataizes - ES
CEP: 29.300-000

O Jornal Online

 

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação sem autorização.

 

© 2017 O Jornal Online. Todos os direitos reservados.