Menu

Home Estado CONTAS PÚBLICAS

Rodrigo Chamoun é eleito presidente do TCE-ES para o biênio 2020-2021

Por Redação | 30.10.2019

 

Em votação unânime, o conselheiro Rodrigo Chamoun foi eleito presidente do Tribunal de Contas do Estado do Espírito Santo (TCE-ES) para o biênio 2020-2021. O novo corpo diretivo da Corte terá ainda os conselheiros Domingos Taufner como vice-presidente, Rodrigo Coelho do Carmo como corregedor e Carlos Ranna como ouvidor. A eleição ocorreu na sessão ordinária desta terça-feira (29).

Em discurso proferido logo após o pleito, Chamoun destacou avanços obtidos nas últimas administrações da Corte, que permitiram a construção de bases sólidas “que possibilitarão um salto para o futuro” e elencou três focos estratégicos para sua gestão. Como “primeira e maior missão”, ele citou a garantia da gestão fiscal responsável com o controle intertemporal das contas públicas, “em outras palavras, assegurar que prefeituras, câmaras, poderes e instituições mantenham as contas equilibradas”. “Atuaremos como legítimo guardião da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), controlado com firmeza as despesas com pessoal, custeio, investimentos e restos a pagar.”

O segundo foco estabelecido pelo presidente eleito é avaliar a legitimidade, eficiência e efetividade das políticas públicas sociais, especialmente aquelas ligadas às áreas de saúde e educação. “Fortaleceremos as unidades técnicas especializadas com modernos métodos de auditoria operacional para avaliação e monitoramento de políticas públicas”, afirmou. Como terceiro foco estratégico, Chamoun defendeu assegurar a eficiência das aquisições governamentais (bens, obras e serviços). “A eficiência, frisa-se, só é alcançada quando se adquire, concomitantemente, qualidade e tempestividade com o melhor preço possível”, explicou.

Declaração de Moscou

Ainda em seu discurso, o conselheiro citou a declaração de Moscou, aprovada no XXIII Congresso da Organização Internacional de Entidades Fiscalizadoras Superiores, que reconheceu a importância da agenda 2030 para o desenvolvimento sustentável,  adotada pela Assembleia Geral das Nações Unidas, que traz como objetivo estratégico a “promoção e fomento da eficiência, accontability, a eficácia e a transparência da administração pública mediante o fortalecimento das entidades de fiscalização superiores”.

Neste cenário, Chamoun pontuou que, no Brasil, a Associação dos Membros dos Tribunais de Contas (Atricon) e o Instituto Rui Barbosa (IRB) desenvolvem ações que visam o aperfeiçoamento do controle externo, dentre as quais se destaca o Programa de Qualidade e Agilidade dos Tribunais de Contas (QATC). Frisou que na avaliação promovida pelo projeto Marco de Medição de Desempenho dos TCs, a Corte capixaba obteve índices de excelência em diversas áreas do controle.

“Tenham certeza de que é uma honra poder participar desta construção histórica. Sólidos alicerces foram firmados e nos permitirão novos avanços na direção do controle contemporâneo compatível com os desafios do século XXI, onde não há espaço para uma atuação de pouca relevância, concentrada apenas em formalidades e incapaz de melhorar a vida dos cidadãos”, disse, ressaltando que o TCE-ES passará a acompanhar as várias fases das principais políticas públicas com o objetivo de subsidiar governantes e gestores públicos, “mas principalmente de assegurar a constante melhoria da prestação de serviços públicos de qualidade”. E foi enfático: “Um Tribunal de Contas só terá importância se for capaz de gerar resultados práticos que melhorem o dia a dia das pessoas”.

Para o período de transição, foi aprovada a designação de uma comissão especial, a fim de propor as primeiras medidas que subsidiarão a continuidade ininterrupta e para identificar oportunidades de melhoria da arquitetura organizacional, diagnosticar os projetos em andamento e iminentes e revisitar o planejamento de fiscalizações e de controle externo.

 

Mini currículo: Mestre em Administração Pública, Chamoun foi diretor da Codesa, vice-prefeito de Guarapari, secretário de Estado e deputado estadual, tendo presidido a Assembleia Legislativa em 2011 e 2012, ano em que foi nomeado conselheiro do Tribunal de Contas do Estado. Na Corte, já atuou como vice-presidente e é o atual corregedor.

 

 

Composição TCE-ES 2020-2021

Presidente: Rodrigo Chamoun

Vice-presidente: Domingos Taufner

Corregedor: Rodrigo Coelho do Carmo

Ouvidor: Carlos Ranna

 

 

Comentários Facebook


Confira nossa última Edição
e fique informado!

 

Edição 271

Junho / 2018

  Todas as Edições

Leia na Edição Impressa


40ª Corrida de São Pedro contou com mais de mil participantes P. 08
Polícia Federal investiga tramas políticas em Itapemirim P. 4
Falso professor é desmascarado em Marataízes P. 7
Agência do Bandes Fundesul Presidente Kennedy já tem data para inaugurar P. 5

Atendimento

  (28) 99916-0361

  ojornal@ojornalonline.com.br

 

Rua Helena Valadão, 59
Cidade Nova
Marataizes - ES
CEP: 29.300-000

O Jornal Online

 

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação sem autorização.

 

© 2017 O Jornal Online. Todos os direitos reservados.