Menu

Home Itapemirim Copa ES 2017

Começa a decisão da Copa Espírito Santo 2017

Conquista da Copinha pode dar ao Atlético um cativo na história por ganhar os dois principais torneios de futebol capixaba em única temporada

Por Helio Barboza | 06.10.2017

 

O atacante Chiquinho quer acabar com o jejum de gols nas duas partidas finais da Copa ES

O Atlético de Itapemirim realizou um treino leve na manhã desta sexta, nos preparativos para o primeiro jogo da final da Copa Espírito Santo 2017, amanhã, às 15 horas, no Kléber Andrade, em Cariacica.

A expectativa é grande entre os jogadores e torcedores do Galo da Vila, atual campeão capixaba de futebol. Se faturar a Copa Espírito Santo, o Atlético estará entrando para história como o primeiro time a conquistar o Campeonato Capixaba e a Copinha no mesmo ano.

O técnico do Galo, Zé Humberto, disse que manutenção do padrão de jogo da equipe é ponto forte

O técnico Zé Humberto espera um jogo difícil entre as equipes. Ele adiantou que não terá surpresas na escalação da equipe do Atlético para o jogo como o time do Espírito Santo, e que aposta no entrosamento dos seus jogadores – “Nossa equipe tem definido um padrão de jogo desde o Capixabão. Mesmo com a troca de algumas peças daquele time, a nossa maneira de jogar não mudou, o que não quer dizer que temos apenas um esquema de jogo. As variações ocorrem de acordo com a partida”, disse o treinador.

Apesar de dizer que não haverá surpresas na escalação, o lateral Marcos Felipe, que sentiu deixou o campo no jogo contra o Rio Branco sentindo a musculatura da perna esquerda, ainda preocupa. Se ele não jogar, Tico será seu substituto.

O atacante Wendel, afastado para recuperar uma lesão na coxa, que já vem treinando normalmente com os companheiros, inicialmente só teria chances de ficar à disposição para o jogo de volta, por ainda não estar bem condicionado fisicamente, mas hoje pela manhã uma fonte do clube disse que ele viaja com a equipe e pode até ficar no banco como opção.

Chiquinho, artilheiro da equipe com quatro gols, mas que não marca há sete partidas, revelou que está incomodado por não conseguir jogar a bola para dentro do gol adversário – “É lógico que incomoda, mas uma hora ela vai entrar e espero que seja agora nas partidas finais”, disse.

O regulamento da Copa ES prevê que, diferente dos jogos da semifinais, nas duas partidas finais não haverá vantagem de gols. Caso haja igualdade na soma dos resultados das duas partidas – uma vitória para cada lado ou dois empates – a decisão do título será nas cobranças de pênaltis.

Atlético e Espírito Santo já estão classificados para a disputa da Série D do Campeonato Brasileiro de 2018. O título da Copa ES 2017 vale vaga também para a Copa Verde do próximo ano.

As prováveis escalações das equipes para o jogo deste sábado é a seguinte:

Espírito Santo

Alan Faria, Edmar Chazinho, Thiago Martinelli, Leandro Morais e Rafael Serrano; Makelele, Ranieri, Marcelinho e Rodrigo Pardal (Zé Gatinha); Acerola e Vitinho.

 

Atlético

Bambu, Douglas, Rhayne, Kleber Viana e Marcos Felipe (Tito); Vitor, Wagner Carioca, Fabiano e Juninho; Chiquinho e Geraldo.

 

 

Comentários Facebook


Confira nossa última Edição
e fique informado!

 

Edição 264

Dezembro / 2017

  Todas as Edições

Leia na Edição Impressa


Atendimento

  (28) 99916-0361

  ojornal@ojornalonline.com.br

 

Rua Helena Valadão, 59
Cidade Nova
Marataizes - ES
CEP: 29.300-000

O Jornal Online

 

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação sem autorização.

 

© 2017 O Jornal Online. Todos os direitos reservados.