Menu

Home Anchieta Política

Fabrício Petri participa de solenidade que recebeu ministro da Educação

Por | 11.01.2018

 

Várias autoridades, entre deputados estaduais e federais, prefeitos e secretários compareceram ao Anchieta para recepcionar ministro Mendonça Filho

O prefeito de Anchieta, Fabrício Petri, e a secretária Municipal de Educação, Janinha Gerke de Jesus, participaram ontem (10) no Palácio Anchieta, em Vitória, da solenidade que recebeu o ministro da Educação, Mendonça Filho. Na ocasião o ministro anunciou a liberação de R$ 36 milhões para o Estado e municípios.

Conforme informações do Governo do Estado, dentre o recurso anunciado, R$ 24 milhões serão destinados à educação de tempo integral, do Programa Escola Viva, a qual Anchieta receberá uma unidade este ano. Já R$ 4,5 milhões serão destinados para apoiar na elaboração do novo currículo capixaba e também para produção de material didático e formação de professores das redes municipais e estadual, do Ensino Fundamental.  

Já a Cesan e o Governo do Estado assinaram quatro contratos com a Caixa Econômica Federal para liberar financiamento no valor de R$ 63,56 milhões em obras de saneamento no Espírito Santo. O recurso vem do programa Saneamento para Todos, do Ministério das Cidades.

A solenidade ocorreu no Palácio Anchieta, com presença do governador Paulo Hartung, do presidente da Câmara Federal, deputado Rodrigo Maia, do ministro das Cidades, Alexandre Baldy, do prefeito de Salvador, Antônio Carlos Magalhães Neto, de prefeitos do Espírito Santo, deputados, entre outras autoridades.

Escola Viva em Anchieta

Este ano, a unidade que inicia as atividades em tempo integral no município de Anchieta terá uma novidade: será a primeira Escola Viva integrada ao ensino profissionalizante. Na última segunda-feira (08), o governador Paulo Hartung e o secretário de Estado da Educação, Haroldo Rocha, assinaram o termo de cooperação técnica com a Federação das Indústrias do Espírito Santo (Findes), por meio do Sistema Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai/ES), que irá apoiar a implantação.

Com a parceria, o Senai e a Sedu desenvolverão uma gestão compartilhada da unidade, ampliando a oferta de vagas gratuitas do Ensino Médio à comunidade de Anchieta e dos municípios do entorno. 

Nessa unidade, foram abertas 480 vagas para estudantes do Ensino Médio em tempo integral e será ofertada também formação profissional nas áreas de Eletrotécnica e Mecânica. Será ofereceido educação profissional de nível técnico a jovens nas áreas de mecânica e elétrica, de acordo com o novo currículo do Ensino Médio.

  

Educação

Dentre os investimentos anunciados com a vinda do ministro da Educação ontem (10), R$ 24 milhões serão para educação de tempo integral, o programa Escola Viva. Com o aumento do número de unidades implantadas em 2018, o valor do repasse representa o dobro do valor destinado pelo governo federal em 2017. Neste ano, estarão em funcionamento 32 unidades Escola Viva, em 23 municípios do Espírito Santo.

Cerca de R$ 8 milhões serão para ações diretas entre o Mec e os municípios, como compra de mobiliário, de ônibus escolar, obras e ações de apoio na melhoria da proficiência dos estudantes do ensino fundamental.

Para custeio da produção de material didático e realizações de formações de professores e gestores das redes estadual e municipais de ensino, serão destinados R$ 2,5 milhões. Essas ações vão fortalecer o Pacto pela Aprendizagem e a reestruturação da educação básica no Espírito Santo.                                                       

A novidade é que o Mec também destinará recursos para apoiar a construção do novo currículo capixaba. Serão R$ 2 milhões para serem aplicados na contratação de consultoria especializada, no apoio logístico para realização dos seminários e eventos regionais programados para promover o debate sobre o tema durante o ano e também para reprodução do documento após a finalização do processo. O foco está no apoio técnico-financeiro para que o Estado, em colaboração com os municípios, construa um novo currículo capixaba após a aprovação da Base Nacional Comum Curricular (BNCC).

“A parceria do governo federal com a gestão Paulo Hartung se destaca na área da Educação. A agenda do Brasil passa pela Educação, que é um desafio atual garantir a qualidade e a efetividade da aprendizagem dos estudantes. A gente tem apoio para a Base Nacional Comum Curricular, que foi implementada recentemente e destacamos o programa de educação integral, que é sucesso no Espírito Santo, sendo um programa crescente e que tem se destacado com muita qualidade”, disse o ministro Mendonça Filho.

 

 

 

Comentários Facebook


Confira nossa última Edição
e fique informado!

 

Edição 271

Junho / 2018

  Todas as Edições

Leia na Edição Impressa


40ª Corrida de São Pedro contou com mais de mil participantes P. 08
Polícia Federal investiga tramas políticas em Itapemirim P. 4
Falso professor é desmascarado em Marataízes P. 7
Agência do Bandes Fundesul Presidente Kennedy já tem data para inaugurar P. 5

Atendimento

  (28) 99916-0361

  ojornal@ojornalonline.com.br

 

Rua Helena Valadão, 59
Cidade Nova
Marataizes - ES
CEP: 29.300-000

O Jornal Online

 

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação sem autorização.

 

© 2017 O Jornal Online. Todos os direitos reservados.