Região Sul/ES,


Busca

Por Diego Ramon Lopes

Mapas Turísticos

01.10.2021

Visualização da imagem

O mapa turístico é uma ferramenta que continua muito atrelada a atividade turística no decorrer do seu desenvolvimento. Mesmo com a era digital este tipo de mapa ainda tem o seu espaço e seu valor, com adaptações e incorporações tecnológicas, o mapa turístico é uma das formas mais didáticas para acolher bem o turista.

 

No último mês de abril, pela inércia do setor público, o Rio Convention & Visitors Bureau (uma entidade privada que objetiva, principalmente, a captação de eventos para a localidade), a pedido de seus mantenedores – meios de hospedagem, restaurantes, entre outros – confeccionou e iniciou a distribuição de 100.000 mapas turísticos na cidade do Rio de Janeiro.

 

Outro destino que investiu neste tipo de folheto, foi a cidade de Anchieta-ES, e, segundo o site da própria prefeitura da localidade, os mapas contarão com um QR code que o turista poderá escanear para ser direcionado ao Portal Turístico da cidade, caso necessite de mais informações. Este QR code também estará disponível em quiosques e pontos de ônibus, alcançando ainda mais público.

 

São atitudes assertivas dos destinos, é preciso receber bem o turista, deixá-lo a vontade para fazer suas escolhas e para isso é preciso fornecer informações e integrá-las a era digital. Neste ponto o poder público precisa ter iniciativa e auxiliar o trade turístico. Pois por diversas vezes observamos o poder público “atropelando” ações que, por conveniência, seriam apropriadas ao setor privado, como, por exemplo, os shows musicais.

 

Se um destino turístico objetiva atrair um público focado em festas, não precisa contratar vários shows, mas sim oportunizar a vinda de empresas de entretenimento (casas de shows, boates, entre outros). Um exemplo desse tipo de destino turístico é Balneário Camboriú – SC, e, em menor escala, Guarapari – ES.

 

O turismo ainda pode ser um alicerce econômico para nossa região, entretanto é preciso aperfeiçoar, repensar, estudar formas de atrair investimento privado, visitar destinos que são exemplos e ser humilde em perguntar: Como vocês conseguiram melhorar a atividade turística na sua cidade?

Diego Ramon Lopes

Diego Ramon Lopes é Bacharel em Turismo pela Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP), com experiências profissionais no setor privado e público do trade turístico.

diegoturismologo@gmail.com

 

diegoturismologo@gmail.com

Vídeos
-->