Região Sul/ES,


Busca

Por Rodrigo Alves de Carvalho

O apaixonado e as selfies virtuais

02.05.2022

Depois que Ismael terminou um relacionamento de quase vinte anos, onde durante todo esse tempo, havia feito um pacto com sua então companheira de nunca fazerem parte de redes sociais, o que consideravam uma janelinha aberta para fofocas e traições, estaria livre para conhecer outras pessoas e quem sabe, encontrar um novo relacionamento.  

Montou seu perfil, postou suas melhores fotos (mesmo não sendo nada atraente) e começou a adicionar os amigos, os amigos dos amigos e por fim, todas as mulheres bonitas, conhecidas e desconhecidas que eram sugestionadas pela comunidade virtual. 

A grande maioria das amigas virtuais nunca lhe haviam correspondido, mesmo com Ismael curtindo todas as postagens, de selfies a pratos de comidas, e com insistentes “bons dias” em cartões virtuais com ursinhos e corações. 

Entretanto, numa manhã, o paquerador digital recebeu uma notificação de uma de suas amigas desconhecidas, que havia lhe retribuído um bom dia. Imediatamente, entrou em seu perfil, em seu álbum de fotos e meticulosamente avaliou cada foto da moça. 

Chamava-se Olivia, rosto lisinho, como um pêssego rosado, cabelos negros esvoaçantes e decotes generosos em fotografias praticamente profissionais, por suas qualidades e perfeições. 

Ismael se apaixonou! 

Todo dia, Olivia postava uma selfie e Ismael era o primeiro e lhe dar um coraçãozinho. Em cada fotografia, seu rosto parecia mais angelical, mais jovem e perfeita. Porém, a falta de coragem e o medo de que sua Crush pudesse lhe achar inconveniente, faziam com que Ismael não se declarasse numa conversa Inbox.  

Ao descobrir onde a moça trabalhava, um dia Ismael com o pretexto de comprar um zíper para sua calça (Olívia era atendente em uma loja de aviamentos), finalmente pode avistar pessoalmente a moça pela qual estava apaixonado, sentada no caixa da loja. 

Ismael nunca mais voltou à loja de aviamentos, tampouco, nunca mais passou pela sua cabeça chamar Olivia para uma conversa, seja online ou pessoalmente. 

Porém, sua paixão aumentava a cada dia, curtindo aquele amor digital, sonhando com aquelas selfies repletas de filtros e correções, que deixavam Olivia virtualmente mais linda e encantadora a cada dia.

Rodrigo Alves de Carvalho

Rodrigo Alves de Carvalho nasceu em Jacutinga (MG). Jornalista, escritor e poeta possui diversos prêmios literários em vários estados e participação em importantes coletâneas de poesia, contos e crônicas. Em 2018 lançou seu primeiro livro individual intitulado “Contos Colhidos” pela editora Clube de Autores.

Vídeos
-->